Depressão Infantil

Diagnosticar depressão é mais difícil nas crianças, pois os sintomas podem ser confundidos com irritabilidade, birras, mau humor e agressividade. O que diferencia a depressão das tristezas do dia a dia é a intensidade, a persistência e as mudanças nos hábitos normais das atividades da criança.

O que pode causar a depressão infantil? 

Existem vários fatores de risco associados à depressão, sendo alguns destes:

Fator genético ou hereditariedade

Situações traumáticas, por exemplo: separação dos pais, mudança de colégio ou residência, morte de uma pessoa querida ou animal de estimação

Situação de privação econômica ou exposição ambiental prejudicada.

Diagnóstico

Para o diagnóstico de depressão na infância é importante que os sintomas estejam presentes por pelo menos 2 últimas semanas e que representem uma mudança significativa do funcionamento da criança com pelo menos um dos sintomas:

Os principais sintomas de depressão na infância são:

Sentimentos de desesperança

Dificuldade de concentração, memória ou raciocínio

Angústia

Pessimismo

Agressividade

Falta de apetite

Falta de prazer em executar atividades

Isolamento

Apatia

Insônia ou sono excessivo que não satisfaz

Desatenção em tudo que tenta fazer

Queixas de dores

Baixa autoestima e sentimento de inferioridade

Ideia de suicídio ou pensamento de tragédias ou morte

Sensação frequente de cansaço ou perda de energia

Sentimento de culpa

Dificuldade de se afastar da mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *